março 12, 2003

"1, 2, 3. Testando"

Pois então, contrariando Adam Phillips, busquei a invisibilidade, mas o fato é que ela se tornou chata, muda, insuportável. A entrevista do psicanalista nas páginas amarelas da Veja, mostra que é comum uma sensação que vem crescendo em mim: parece que a gente sempre está perdendo alguma coisa. Sempre tive essa sensação e a atribuía ao fato de nunca ler cuidadosa e de forma nenhuma, os manuais. Assim, sempre achei que aquela digital com certeza era capaz de realizar mais do que eu a fazia realizar, o dvd, a tv, o som, enfim tudo. Concluo que sou uma crédula prisioneira das propagandas desses produtos, que acredita piamente que eles façam tudo isso. Com certeza fazem, que bom, mas isso não tem que me derrubar, droga!

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial