março 30, 2003

Sempre Adelia Prado

Lendo Cartas, de Caio Fernando de Abreu encontro esse poema dela: "aos quarenta anos / não quero a faca nem o queijo; / quero a fome.

Falando com uma amiga, chegada da Índia, ela me fala do palácio de Taj Mahal, onde as trelissas (olha a dúvida: será ç ou ss?) são feitas no mármore, com múltiplos desenhos.

Há ainda coisas bem perfeitas nesse mundo de Deus.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial