agosto 27, 2008

Hoje me perguntaram como iam os meus escritos. Um amigo saudoso dos meus escritos. Tenho escrito no ar e nos pensamentos. Tenho feito mais e escrito menos. E não por falta de assunto; há tantas discordâncias a serem externadas; tantos protestos tornados mudos e anestesiados pela total desesperança de que tragam mudanças. Há também vivências fortes, reais e que refletem momentos, descompromissados com o tempo e com a permanência; afinal, essa história de ser lúcida sempre é cansativa e chata. Por uns dias me achei insuportável, descontente com a educação do país, que foca no conceito de que desenvolvimento se traduz pela capacidade que o povo tem de consumir, excluído desse consumo, o gasto com a educação. Sabe por quê? Porque eu ainda acredito que a educação faz a diferença para você ser uma pessoa melhor; só isso. Chega. Cansei.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial