abril 16, 2010

Nem tudo são flores, é muito do que expressão de linguagem figurada. Quero achar uma florzinha, uma só basta, que seja uma e que me devolva a crença nas coisas, nos tempos, nos outros, na vida; me tire dessa zica chata!

Estou mais acreditando na linguagem desfigurada. É o que vejo por aí. Gente triste brincando de que não se importa com a falsidade de suas vidas E eu detesto ficar assim; sou, teoricamente, uma pessoa divertida, mas não estou conseguindo rir de tanta zica. Já deu para saber o que é zica, certo? É tudo aquilo que não era para acontecer e aconteceu! Droga de zica, de planejamento erradíssimo e que, como resultado, claro, deu errado.

Agora, me fala por que você tem que chegar de uma semana de férias e ver que aproveitaram que estava fora para criar zica? É bonito isso?

Vou superar, saltar por cima delas. Vou ralar os joelhos, pois algumas são altas, mas isso é o de menos. O que não posso fazer é querer dormir e acordar com tudo resolvido, pois, por um erro de configuração, não consigo fazer isso, ainda.

Vou seguindo em frente, peitando as coisas que consigo e rezando pelas que não consigo. Estou chataaaaaaaaaaaaa. Vou melhorar. Espero. Darei notícias boas para mim mesma


0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial